sexta-feira, 19 de março de 2010

Dia diferente, sentimento igual

Em Portugal alguns dias são comemorados em datas diferentes do Brasil. Um deles é o Dia dos Pais, chamado aqui de “Dia do Pai”, que é celebrado sempre no dia 19 de março. Então, peço licença para fazer um parêntese e mandar um recado para aquele me ensinou a gostar de futebol, de assistir telejornal, de política, ... E me passou a paixão pelo rádio. Enfim, o culpado por eu querer ser jornalista, mesmo ele sendo advogado. (hahaha)

E que junto com a minha mãe, ensinaram a mim e aos meus irmãos o que é certo e errado, o valor das coisas. Nos mostraram que o melhor investimento que podemos fazer é o conhecimento, e nunca mediram esforços para isso. Se não fossem eles, hoje não estaria aqui na Europa correndo atrás dos meus objetivos e sonhos, trilhando o meu caminho.

“Pai,

Dizem que é quando a gente está longe que damos o verdadeiro valor para aqueles que amamos. Quero que saibam, tu e a mãe, que mesmo que às vezes eu não saiba expressar, sempre dei muito valores a vocês, e que tenho um orgulho enorme de ser filha de vocês.

Mais uma vez, obrigado por tudo. Jamais conseguirei retribuir tudo o que vocês fazem por mim.

Tô com saudades!!!

Amo vocês”

Beijo, para todos

Um comentário:

Edinho Lumertz disse...

Quero que a minha filha seja amorosa comigo e com a Elis assim como tu és com teus pais. Parabéns pelo texto e pela homenagem ao dia do pai!