domingo, 7 de setembro de 2008

Abrindo os trabalhos...

Por superstição, falta de inspiração e admiração, dou início a minha participação no Jogo de Damas recorrendo ao talentoso escritor e jornalista Gabriel García Marquéz. No texto que segue abaixo, "Gabo" chama o jornalismo de "melhor profissão do mundo". Como amo o nosso curso, e foi por causa dele que nos tornamos amigas, aplaudo a definição.

“Pois o jornalismo é uma paixão insaciável
que só pode digerir e torná-lo humano por sua
confrontação descarnada com a realidade.
Ninguém que não tenha sofrido pode imaginar
essa servidão que se alimenta dos imprevistos da vida.
Ninguém que não a tenha vivido pode conceber, sequer,
o que é essa palpitação sobrenatural da notícia,
o orgasmo das primícias, a demolição moral do fracasso.
Ninguém que não tenha nascido para isso e esteja
disposto a viver só para isso poderá persistir num ofício
tão incompreensível e voraz, cuja obra se acaba depois
de cada notícia como se fora para sempre,
mas que não permite um instante de paz enquanto não
se recomeça com mais ardor do que nunca no minuto seguinte.”

Gabriel García Márquez

3 comentários:

Elisandra Borba disse...

Tu disse que precisava se puxar e levou a sério, né?! Belo texto...
Também amo saber que daqui a pouquíssimo tempo serei chamada de jornalista.
É aquela máxima: a gente ganha pouco, mas se diverte!
Mais divertido que ser jornalista, só sendo palhaço de circo (hehehe, exagerei)

Éderson Lumertz disse...

Texto bastante intenso. Serve para chamar a atenção daqueles que estão no curso com a única ambição de ir para TV e ter sucesso ou se exibir. Temos muitos exemplos já atuando em rádio, TV ou imprensa escrita mesmo. Baixa qualidade na produção de matérias e se sentem grandiosos. Inclusive existem familiares e amigos de estudantes de jornalismo que fazem pressão para o graduando ao se formar bscar a TV com a ilusão de que só assim ganhará bom salário. É triste. As pessoas clamam por mudanças e continuam com a mesma ignorância de quando nasceram. Parabéns pela descoberta do texto.

Bibiana Barbará disse...

Welcome cris!

Tava demorando, mas saiu um texto hein!
Bom com certeza tu nasceu pra isso, bom, quanto a mim, não tenho tanta certeza.

Bjoss e voltaremos haha